On-Off

“...Atordoado, mundo sobressaltado, mundo eletrorgânico, canto pra sincronizar...

quem não tá On, tá Off, quem não tá... “

É o que canta Laura Finocchiaro em composição que dá nome ao seu novo projeto:   

10o. álbum de sua carreira, tem 14 faixas: 10 inéditas, 4 revisitadas, foi gravado ao vivo e produzido por seu selo, Sorte Produções, numa celebração aos seus 35 anos na cena independente brasileira. Bem guerreira.

QUEM TÁ ON

Nele, Laura Finocchiaro canta pro mundo ouvir, toca guitarra synth, cavaquinho e violão, acompanhada por Alexandre Valladão e Elir Filho nas guitarras; Tamara Janson no baixo; Rui Lessa na bateria; Artur Rodrigues nas flautas; Ana Maura e Riko Viana nos vocais , mais  a participação especial da cantora Patricia Mellodi e do baixista carioca Markus Britto.

Num resgate de sua trajetória, Laura concebe o novo projeto bebendo na fonte do Pop-Rock, mixando a sonoridade acústica e visceral do rock com grooves marcantes e timbres sintetizados, característicos da música pop. Bem Laura.

Sem meias palavras, ela canta alto e provoca:

“...mas quem não arrisca, não vence, não fica, tenha nas mãos o poder, o poder de quem indica... “ em  Q.I. , uma parceria com Celso Madruga.

ON OFF  traz também poesias musicadas dos contemporâneos Christovam de Chevalier (Lua de Janeiro) e Jorge Salomão (Olhos Fechados).

O Rio de Janeiro, onde Laura mora agora, inspira o novo samba-bossa Princesinha Devorada e o blues teatralizado Interludio da Atriz, inaugurando novas parcerias com o jornalista José Caminha e o músico Artur Rodrigues.

Na canção original Toda Clonada, Laura inaugura o Samba-Trap, mistura da Trap Music com o swing do Samba rasgando no cavaquinho. Uma crônica bem real.

Das composições de sua carreira, resgata e grava Garotos e Garotas, um punk-rock, parceria com a jornalista Cilmara Bedaque,  e a balada-pop Luz de Mercúrio, em uma parceria de triplo DNA: Laura, a roqueira Lory F., sua irmã, e a poeta gaúcha Leca Machado.

Em Hino à Diversidade, Laura, com as palavras de Glauco Mattoso, levanta a bandeira da diversidade, do respeito, da ética e da justiça. Bem atual.

O novo álbum traz releituras de hits de sua trajetória como Dinheiro  e Todo Mundo Pro Mundo. Bem Brasil.

Ficha:

ON-OFF foi gravado ao vivo no Centro de Referência da Música Carioca Artur da Távola, no Rio de Janeiro, em 30 de setembro de 2017 e produzido pela Sorte Produções, em parceria com a Mancuzo Entretenimento.

Gravado  pelo engenheiro de som Pedro Azevedo, com o apoio de todos os técnicos do espaço.

ON-OFF foi mixado por Francisco Patrício e masterizado por Carlos Freitas, da Classic Master, em fevereiro de 2018.

Bônus:

Paralelamente ao áudio, o público leva um bônus super especial: 14 vídeos inéditos editados pela Mutante Produções, que será disponibilizado brevemente no canal youtube da artista. Bem democrática.

Show:

ON OFF se desdobra em formato de performance musical, com possibilidade de adaptação para palco e plateia de todos os tipos. Bem diversidade.

Dá um ON no bom que este som tem pra dar.

Bem isso.

Ouça também em:

Entre em contato!

Trilha Sonora + Produção Musical + Direção Musical

Arte Educação + Eventos + Shows: